Por: Pelo Estado por: Andréa Leonora | 1 mês atrás

O Ministro da Cidadania, Osmar Terra, cumpriu agenda em Santa Catarina ontem. No auditório da Associação dos Municípios da Região da Foz do Rio Itajaí (AMFRI), em Itajaí, proferiu  palestra sobre as Ações Sociais do Ministério da Cidadania, no qual o destaque foi o Programa Criança Feliz. Aproveitando a visita, o presidente do Colegiado de Cultura da AMFRI, Marcos Montagna, juntamente com o vice-presidente, Normélio Pedro Weber, bem como o vice-presidente do Colegiado de Esportes, Paulo Maes, entregaram carta solicitando audiência com o ministro e representantes da Secretaria Especial da Cultura e do Esporte, para condução de políticas públicas para o desenvolvimento cultural e esportivo da região. Marcos Montagna que também preside o Conselho dos Gestores Municipais de Cultura de Santa Catarina (CONGESC) entregou carta de Garopaba, que reforça a necessidade de ações conjuntas de alinhamento das políticas públicas de Cultura nos âmbitos Federal, Estadual e Municipal. Já o presidente do Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social, Magno Muñoz, entregou pedido de regularização dos repasses de cofinanciamento aos municípios catarinenses. O ministro visitou ainda as instalações da Arena Jaraguá, em Jaraguá do Sul, e à Escola do Teatro Bolshoi, em Joinville. Onde também acompanhou a 7ª Noite Competitiva do 37º Festival de Dança do Brasil.

Novos veículos

(Foto: Divulgação)

Em Itajaí, o Ministro, Osmar Terra, entregou 10 veículos para a Rede de Proteção Social Básica e Especial do Sistema Único de Assistência Social (Suas) em Santa Catarina. “São veículos equipados e adaptados, que poderão chegar em quem utiliza os serviços de Assistência Social, com acesso a todo tipo de atendimento que elas precisam”, afirma. Os municípios contemplados são: Arroio Trinta, Concórdia, Curitibanos, Florianópolis, Itajaí, Itapema, Itapiranga, Navegantes, Tubarão, Videira e Xaxim. O prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, testou a cadeira para deficientes de um ônibus escolar recebido pela prefeitura. Na foto, o deputado Carlos Chiodini (MDB), quem mobilizou a vinda do Ministro, a deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania), e o vereador Tiago Morastoni, juntamente com o ministro.

Recurso aos municípios – Em roteiro pelas regiões Norte e Planalto Norte, os deputados Fábio Schiochet (federal) e Sargento Lima (estadual), ambos do PSL, entregaram R$ 5 milhões a 12 prefeituras. Os recursos, oriundos de emendas parlamentares do orçamento da União, devem ser usados exclusivamente em infraestrutura. Araquari, Balneário Barra do Sul, Barra Velha, Canoinhas, Irineópolis, Itaiópolis, Mafra, Porto União, Rio Negrinho, São Bento do Sul, São Francisco do Sul e São João do Itaperiú são os municípios que receberam recurso e poderão realizar suas obras.

Recurso ao município – Já o deputado federal Hélio Costa (PRB-SC) esteve em Joinville onde repassou R$ 3,3 milhões para a saúde do município. Deste total, R$ 2 milhões vem da emenda parlamentar de 2018 do deputado César Souza, que direcionou os recursos ao colega. O dinheiro vai para o Fundo Municipal de Saúde para custeio das áreas de média e alta complexidade. Já os recursos de Costa, na ordem de R$ 1,3 milhão, serão destinados ao setor de Oncologia do Hospital Municipal São José.

Evento – Inicia hoje e encerra amanhã (26), em Florianópolis, o 13º CEP – Congresso Estadual dos Profissionais, promovido pelo CREA-SC. A preparação foi feita a partir de 11 encontros reunindo cerca de 500 profissionais. Durante o evento estadual, que tem como tema Estratégias da Engenharia e da Agronomia para o Desenvolvimento Nacional, serão reanalisadas e aprovadas as propostas de Santa Catarina para o 10º Congresso Nacional de Profissionais (CNP), que será em setembro, em Palmas (TO).

Mais empresas – Santa Catarina alcançou, em junho, a marca de 800 mil empresas ativas. Apenas no primeiro semestre deste ano foram 70 mil empresas novas, um aumento de 32% em relação ao mesmo período do ano passado. A abertura de uma empresa tem levado apenas 24 horas, num processo 100% digital. Para o secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável de Santa Catarina, Lucas Esmeraldino, o número de 800 mil empresas ativas demonstra a veia empreendedora do catarinense. O Estado tem a média de uma empresa para cada 8,7 moradores.