Por: Pelo Estado por: Andréa Leonora | 15/12/2018

Um estado turístico diverso, com regiões ricas em natureza e atrações festivas todos os meses do ano. Santa Catarina é assim e quem quer conhecer todo esse potencial antes de elaborar seus roteiros de férias, agora pode acessar o novo portal Guia SC – Guia Turístico dos Municípios de Santa Catarina (www.guiasc.tur.br), que mostra o que há de especial em cada município ou região. O sistema foi desenvolvido e é mantido pela Federação Catarinense de Municípios (Fecam) e Rede Catarinense de Informações Municipais (RedeCIM).  Mais moderno, interativo e prático, o Guia SC une todas as informações cadastradas pelas prefeituras catarinenses.

A integração facilita a busca daqueles que desejam somente informações sobre turismo no estado. O trabalho realizado entre a Federação e os 295 municípios catarinenses destaca 2.176 estabelecimentos gastronômicos e 1.317 pontos de hospedagem. Por que todo esse empenho? Porque o Turismo representa perto de 13% da movimentação econômica do estado, conforme dados da Pesquisa de Turismo de Verão no Litoral Catarinense 2018. “Temos a convicção de que podemos aumentar esse número explorando ainda mais o turismo regional. Valorizar os roteiros diversificados que vão do turismo de negócios, ao de aventura ao enoturismo”, enumerou a presidente da entidade, prefeita de São Cristóvão do Sul, Sisi Blind. As alternativas de passeios são filtradas por município ou por região: Caminho dos Cânions, dos Príncipes, da Fronteira e do Alto Vale, Costa Verde & Mar, Encantos do Sul, Grande Florianópolis, Grande Oeste, Serra Catarinense, Vales das Águas, do Contestado e Europeu. O novo portal é totalmente responsivo e tem interação direta com os usuários do Instagram. Ao marcar uma foto com a #DesbraveSC, automaticamente ela pode aparecer na página inicial do GuiaSC.

 

Madrinha

 A deputada Ada De Luca (MDB), reeleita para o quarto mandato na Assembleia Legislativa, foi convidada para ser madrinha do Grupo de Apoio e Prevenção da AIDS (GAPA). O convite foi feito durante evento realizado no Palácio Barriga Verde, em comemoração aos 30 anos das estratégias de enfrentamento ao HIV/AIDS em Santa Catarina. A causa é mais que nobre, já que Santa Catarina é o quinto estado em registro de incidências de HIV no Brasil. A deputada abraçou a causa e, além de apresentar projetos nessa área, também vai acompanhar e ajudar no trabalho realizado pelo GAPA. “Muito mais do que uma questão de saúde, o HIV/AIDS é uma questão de solidariedade. E exige o envolvimento de todos”, justificou.

 

Fora da política No primeiro evento público após a eleição, o deputado Mauro Mariani, que disputou o governo de Santa Catarina em 2018, recebeu, nessa quinta-feira (13), o título de Cidadão Honorário de Canelinha. Durante discurso, ele ressaltou o orgulho de sua trajetória na vida pública, marcada por mais de 20 anos de trabalho pelo Estado. “Não pretendo mais disputar eleições, mas continuo a defender que é pela política que vamos encontrar as soluções para os problemas do Brasil e de Santa Catarina. Vou continuar estimulando a política do bem, aquela que transforma uma sociedade”, destacou.

 

Fahece O engenheiro Michel Scaff e o farmacêutico Marco Aurélio Prass Goetten assumiram, nesta sexta-feira (14), como presidente e diretor operacional da Diretoria Executiva da Fundação de Apoio ao Hemosc/Cepon (Fahece). Eles foram eleitos por unanimidade pelo Conselho Curador, formado por representantes da sociedade. Michel Scaff já atua na entidade como voluntário há mais de seis anos, como membro e também presidente do Conselho Curador da instituição. Marco Goetten é diretor dos Serviços de Saúde do SESI-Senai/SC, e aproximou-se da Fahece motivado pelas parcerias firmadas com o Sistema Fiesc. O mandato é de dois anos e as funções são exercidas voluntariamente.

 

Recorde As altas temperaturas, aliadas aos sistemas de refrigeração das residências e comércio operando ao mesmo tempo, levaram a Celesc a bater um recorde histórico de demanda em seu sistema elétrico. Às 15 horas da última quarta-feira (12), a quantidade de energia exigida foi de 4.826 megawatts (MW), 1,4% superior ao recorde anterior, de 4.760 MW, registrado em 20 de fevereiro do ano passado, também às 15 horas. E o verão só vai começar no dia 21 de dezembro!