Por: Pelo Estado por: Andréa Leonora | 22/03/2019

A lição de casa foi feita. Desde dezembro do ano passado, quando tomou posse, o presidente da Celesc, Cleicio Poleto Martins, percorreu mais de 7 mil quilômetros para conhecer todas as regionais da empresa. Com tudo o que obteve de informações, ontem à tarde ele apresentou um plano de investimentos para 2019 com um montante de R$ 1 bilhão. Os recursos serão destinados, principalmente, para manutenção da rede, ampliação do sistema de alta tensão e do sistema de média e baixa tensão. Ele disse também que a empresa vai “intensificar a presença no agronegócio”.

Do total, mais da metade – R$ 595 milhões -, vai para ampliação e otimização da capacidade de distribuição de energia, o mais importante negócio da Celesc. Os pouco mais de R$ 400 milhões restantes vão para a manutenção do sistema. O plano prevê ainda a construção de subestações e de novas linhas de transmissão, além do aumento da capacidade de geração. Até 2020, a Celesc investirá R$ 40 milhões em melhoramentos para a área rural – 618 quilômetros de rede de distribuição passarão de monofásica para trifásica, em um projeto que contempla todas as regiões do estado, beneficiando 20,9 mil propriedades rurais. A mudança é essencial para garantir qualidade e confiabilidade ao fornecimento. O governador Carlos Moisés e secretários de Estado acompanharam a apresentação de Martins.

(Matéria de Murici Balbinot/Adjori)

 

Pressão do PP

Foto: Mauro Maurício Biondo/Adjori

A carência de energia elétrica trifásica na área rural da região Oeste foi apenas uma das demandas apresentadas ao Executivo na tarde de ontem pelo deputado Altair Silva (PP). Ele foi recebido em audiência pelo governador Moisés e estava acompanhado por prefeitos e vices pepistas da região. O grupo também mostrou a situação caótica da malha rodoviária estadual, ainda mais prejudica pelas chuvas das últimas semanas. Os representantes municipais apresentaram as necessidades também para as áreas de Saúde, Agricultura e Educação.

 

Enfim, a reforma O deputado Cel. Onir Mocellin confirmou, ontem, que na próxima segunda-feira (24) à tarde será entregue na Assembleia Legislativa a proposta de reforma administrativa do Executivo. Depende disso toda a reorganização das secretarias, inclusive com soluções efetivas para a extinção das Agências de Desenvolvimento Regional, as ADRs. O parlamentar, que é líder do governo no Legislativo, justificou a demora para o envio do projeto. Segundo ele, todas as atenções de concentraram, inicialmente, para os incentivos fiscais, que exigiam solução mais urgente.

 

Apresentação Onir Mocelin esteve ontem à tarde em visita institucional à sede da Associação de Diários do Interior (ADI-SC) e Central de Diários. Ele foi recebido pelo vice-presidente de Gestão e Finanças da entidade, Adriano Kalil, e pela gerente comercial, Cláudia Carpes Pedro. O deputado conheceu um pouco mais do trabalho realizado pela ADI-SC e a grande capilaridade garantida pelos 20 impressos e os 18 portais de notícias que compõem a rede. Além de reconhecer a importância do veículo local e/ou regional de comunicação, Mocellin se prontificou a apoiar ações da Associação em parcerias.

 

Educação Empreendedora O Sebrae está com inscrições abertas para o Prêmio Nacional de Educação Empreendedora, que vai premiar os melhores cases de boas práticas de empreendedorismo no ambiente escolar. São quatro categorias: ensino fundamental, médio, profissional e superior. O prêmio é destinado a professores, secretários municipais e estaduais de Educação, reitores, diretores e coordenadores em todos os níveis. O reconhecimento acontecerá em três etapas.

 

Na primeira, em nível estadual, serão selecionados os 20 melhores cases, cinco para cada categoria. Os selecionados estarão automaticamente classificados para a etapa regional. Nessa fase, serão analisados os 108 projetos e indicados 60 finalistas do país, que passarão por banca avaliadora nacional, responsável por apontar os 12 ganhadores nacionais. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 26 de abril pelo site educacaoempreendedora.sebrae.com.br

 

Notas bônus

 

Ninguém fica para trás

Foto: Fábio Queiroz/Agência AL

Com o tema Ninguém fica para trás, a série de palestras apresentadas no 7º Seminário Estadual e da 6ª Jornada de Atualização em Síndrome de Down reuniu mais de 500 pessoas, na Assembleia Legislativa, oriundas de todas as regiões do estado. O tema foi proposto pelo deputado José Milton Scheffer em parceria com a Federação Catarinense e as Associações de Síndrome de Down e contou com a presença da vice-governadora do Estado, Cristina Reinehr. A presença da vice sinalizou para as lideranças o fortalecimento da pauta das associações e valorização da política de inclusão. Ao final, os organizadores informaram que irão realizar mais três seminários neste ano, nos municípios de Araranguá, Campos Novos e Chapecó.

 

Explicações O deputado João Amin (PP) encaminhou Pedido de Informação ao governo do Estado, em especial à Secretaria da Casa Civil, solicitando esclarecimento sobre denúncia de desvio em obras de infraestrutura que encontram-se paradas em Santa Catarina. Durante evento realizado em Chapecó e promovido pela Federação das Associações Empresariais (Facisc), a vice-governadora Daniela Reinehr afirmou que há obras do governo estadual “que estão paralisadas por suspeita de desvio”. Diante das afirmações, não restou ao parlamentar outra iniciativa. “A revelação trazida pela vice-governadora é muito séria e acredito que seja responsabilidade do Poder Legislativo conduzir este assunto para o centro do debate. Portanto, natural solicitar que se traga luz sobre os fatos sugeridos na denúncia”, afirmou Amin.