Por: Pelo Estado por: Andréa Leonora | 01/03/2019

Cidades catarinenses em que as festas carnavalescas atraem mais foliões, como Florianópolis, Balneário Camboriú, Garopaba, Imbituba, Laguna, Joaçaba e Águas de Chapecó, receberão um reforço de agentes da Polícia Militar. Batizada de Operação Alegria 2019, foi deflagrada já nesta quinta-feira (28), começo do carnaval em vários desses municípios. O efetivo já disponibilizado para a Operação Veraneio terá um acréscimo de 947 policiais durante o período festivo, com a participação dos comandos de Apoio Especializado da Polícia Militar, de Policiamento Militar Rodoviário, de Policiamento Ambiental e o Batalhão de Aviação da Polícia Militar.

Alunos do Curso de Formação de Sargento também participam do policiamento durante a operação especial de carnaval. O trabalho realizado pelos PMs nas ruas terá o reforço do videomonitoramento em tempo real. De acordo com informações da PMSC, a maior preocupação é coibir o porte ilegal de arma, a posse e comércio de drogas, a venda de bebidas alcoólicas de forma ilegal, além, é claro, da condução de veículos em via pública por condutores sob efeito de álcool ou drogas.

 

Fusão de municípios

Foto: Eduardo Gomes de Oliveira/Agência AL

O debate sobre o estudo realizados pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-SC), que trabalha com a possibilidade de fusão de municípios com menos de 5 mil habitantes, foi novamente assunto na sessão de ontem da  Assembleia Legislativa. O deputado Valdir Cobalchini (MDB) usou a tribuna para dar destaque ao tema, um debate que, em sua avaliação, “é um retrocesso para o desenvolvimento catarinense”. Cobalchini é presidente da Frente Parlamentar que incentiva ações e propostas para combater as desigualdades regionais e propôs o avanço no debate de políticas públicas que estimulem o desenvolvimento. “Esse sim é assunto para discussão neste parlamento. Proponho a discussão de políticas de incentivo às empresas que se instalem no interior de Santa Catarina, provendo nossas pequenas cidades de mais emprego e renda. Estimulando o crescimento econômico e assim as receitas das administrações municipais”, ressaltou.

 

Colégios militares

Foto: Marcelo Tolentino

Levar o ensino militar a mais estudantes de Santa Catarina foi um dos principais temas da reunião entre o líder do governo, deputado Onir Mocellin (PSL), e o secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni. O parlamentar defende o modelo em que a administração é militar e os professores são da rede pública de ensino. “Entendo que a disciplina e o respeito são essenciais no processo de ensino e aprendizagem de nossos jovens. Valores que são a marca do colégio militar e que já é um modelo de sucesso em outros estados”, destacou Mocellin. Entretanto, para que isso seja possível, será necessária a aprovação de lei neste sentido.

 

Vale lembrar que agora a Assembleia Legislativa tem mais uma Comissão Permanente, a de Assuntos Municipais, presidida pelo deputado Jerry Comper, também do MDB. O ideal é que Comper e Cobalchini trabalhem juntos nas questões levantadas pelo TCE-SC. Antes, porém, terão que acertar as arestas criadas pelo clima da bancada do partido. Na bancada de nove membros Comper é do grupo dos sete e Cobalchini, do grupo de dois, junto com Moacir Sopelsa. A opção terá que ser pelo bem maior.

 

Falando nisso… Tão logo foi feito o anúncio, pelo governo do Estado, da autorização para a recuperação das pontes Pedro Ivo e Colombo Salles, que fazem os dois sentidos da ligação entre as áreas continental e insular de Florianópolis, veio a reação no Legislativo. O primeiro vice-presidente da Casa, deputado Mauro de Nadal (MDB), protocolou Pedido de Informação em que solicita “cópia completa do contrato de manutenção e recuperação (com todos os anexos) das pontes, bem como do contrato de supervisão dessas obras. O documento não traz justificativa.

 

Empoderamento Empresária Maria Luíza Trajano estará em Florianópolis no dia 11 para um encontro do Grupo Mulheres do Brasil. O evento celebra os dois anos de atividades do GMB catarinense, que foca em ações de empoderamento feminino e envolvimento social. Luiza é presidente do Conselho do Magazine Luíza e, como presidente do grupo nacional, incentiva o movimento com os próprios exemplos. Saiba mais em goo.gl/junofr

 

Mercado importante A Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS) comemorou ontem a habilitação, por parte da Coreia do Sul, de mais seis frigoríficos de Santa Catarina para exportação de aves e suínos, elevando para um total de 15 plantas. No país todo foram nove novas agroindústrias habilitadas.